A FALTA DE RECURSOS NÃO É DESCULPA

 

Neemias 2:1-10

 

 

 

Inrodução

 

Como está sua família? Como estão seus vizinhos? Como está a sua Cidade? Responda uma das perguntas revelando o que está incomodando você ou gerando tristeza no seu coração. Neemias uma vez consciente do que estava acontecendo, chorou, lamentou, jejuou e orou. Sofreu, foi sensível, se incluiu no processo… Agora no capítulo 2 vamos perceber que Neemias deu outros passos que nos ensinam como devemos nos comportar na prática, diante de situações de ruína espiritual, moral, social… Como estamos vivendo. Os muros que protegem a Família, os bons costumes, a moral, a integridade física… estão em ruínas. O que fazer? Creio que este era o conflito inicial de Neemias e por isso ele tem mais lições a nos ensinar hoje.

 

 

 

1. Não devo esconder a dor que as más notícias provocam 

 

 

 

Neste texto nós percebemos que foi notória a tristeza que abatia a alma de Neemias. Como você encara seus problemas? Com realismo ou fingindo que nada está acontecendo. Muitas pessoas perdem a oportunidade de serem ministradas e abençoadas porque as coisas estão indo de mal a pior, mas conseguem esconder a realidade dos fatos. Não estou dizendo que você tem que sair pondo a boca no trombone, mas precisamos ser REALISTAS. Não dá para minimizar e nem espiritualizar situações de tragédia que nos abatem. O melhor a fazer é admitir com honestidade que o problema é grave e deixar Deus usar quem Ele quiser para nos ajudar.

 

 

 

A causa da tristeza de Neemias:

 

OS DESAFIOS ERAM IMENSOS E OS RECURSOS ERAM POUCOS.

 

Mudanças na fisionomia por causa do peso da responsabilidade foram tão nítidas em Neemias que o rei percebeu. A situação realmente mexeu com as emoções deste homem sensível e interessado na situação do seu povo. O rosto de Neemias revelava que algo realmente grave estava acontecendo.

 

ILUSTRAÇÃO: Um jovem que foi até o confessionário católico confessar um roubo e disse ao padre que era algo muito grave. O padre perguntou do que se tratava e ele disse que havia roubado uma corda de mais ou menos uns três metros ou quatro metros de comprimento… O padre disse: mas isso não é grave! Ele falou: o problema é que tem uma vaca do outro lado da corda. A gente tenta minimizar, diminuir a gravidade… Temos dificuldades em admitir que a coisa é grave, principalmente num primeiro momento…

 

Talvez a dor que o rei viu estampado no rosto de Neemias revelasse também um conflito espiritual… Por que Deus permitiu isso na cidade de Jerusalém? Esta cidade não era a cidade de Deus? Nossa humanidade permite esses questionamentos… Por que Senhor?

 

 

 

2. A minha insuficiência precisa gerar dependência total de Deus

 

 

 

PRECISAMOS ENCARAR A NOSSA INSUFICIÊNCIA. SÓ QUE NOSSA INSUFICIÊNCIA NÃO É DESCULPA PARA NÃO FAZERMOS NADA… Deus quer nos usar para manifestar o Seu amor na vida de outras pessoas.

 

 

 

ILUSTRAÇÃO: Haia uma santa em Roma que dava pão para muitos pobres na cidade… Depois apareceu um ditado “Sem Tereza, Deus não dá pão”. Deus precisa de Terezas… Pessoas dispostas a encarar os desafios, para que Ele possa dar pão… Deus usa pessoas com suas insuficiências para prover o necessário para outras que não tem o suficiente para sobreviver… 5 pães e 2 peixes com Deus, podem alimentar uma multidão…

 

 

 

Se formos bem literais, os recursos aqui nestes versos estão vinculados a tempo e dinheiro. Era uma obra gigantesca. Não se tratava de um templo ou uma casa, mas uma cidade inteira… Os muros que cercavam a cidade eram bem largos… Você imagina o tamanho desse desafio?! Construir ou reconstruir das ruínas uma nova cidade?

 

 

 

ILUSTRAÇÃO: Juscelino Construiu Brasília do nada no Planalto Central… Você conhece os bastidores desta história? Outros políticos não tiveram coragem para tamanho empreendimento e o próprio Juscelino enfrentou muita oposição…

 

Neemias tinha uma grande tarefa e nada de recursos, mas quando começamos com choro, jejum e oração, quando somos sensíveis à dor que sofre aqueles que estão ao redor ou que fazem parte da nossa história e do nosso mundo, não conseguimos esconder nossa tristeza, mas confiamos em um Deus que pode amolecer o coração do rei e viabilizar todos os recursos que dependemos. Tereza de Ávila e os Xelins…

 

 

 

O conflito existencial de Neemias:

 

Ele estava no palácio, em meio a luxo e muitos recursos… Mas ele não tinha nada nem para começar sua grandiosa missão. Muitas vezes questionamos dizendo quanto desperdício com bombas, com guerras… Quanto desperdício com coisas fúteis… Quanta injustiça… Se eu tivesse um pouquinho eu poderia fazer tanto para ajudar outras pessoas! Como é injusto ver a falta até para o básico em alguns diante diante de tanto desperdício na casa e na vida de outros… Esta semana uma nota sobre o preço do café da manhã no palácio…

 

 

 

Neemias vê a crise tal qual ela é. Ele fala ao Rei. Nossa cidade está destruída, nosso povo sofre. A situação parece impossível de ser resolvida… Mas neste momento aprendemos pelo texto que O DEUS QUE NOS CHAMA TAMBÉM SUPRE TODAS AS NECESSIDADES

 

ILUSTRAÇÕES: Exemplos e testemunhos de recursos… Já ouvi tanto testemunho… Deus manda de fontes inesperadas… Orfanato, missões, etc. Deus sustenta o seu trabalho… Deus não vai nos deixar no cumprimento da nossa missão. A provisão virá… Paulo diz que Deus supre todas as nossas necessidades… Reclamamos a falta de recursos, falamos da nossa saúde, da nossa capacidade…

 

Quando os recursos são poucos, a garrafa começa a produzir azeite… Não precisamos duvidar e nem acomodar.

 

Quando os recursos são poucos e temos imposto a pagar e nos falta dinheiro, Jesus diz: vai na beira mar e pega um peixe você vai encontrar o dinheiro e depois paga o seu e o meu imposto… Deus usa métodos e situações estranhas para resolver todas as nossas questões.

 

 

 

3. Preciso de ousadia para cumprir nossa missão

 

 

 

Veja o diálogo de Neemias com o rei. O rei pergunta e Neemias responde. Dá um pouco de medo porque afinal ele estava diante do rei e por qualquer coisa o rei poderia agir de modo cruel… Ele orou e falou de modo corajoso…

 

 

 

Ousadia é o atrevimento da fé

 

Pedro o covarde que negou Jesus, teve ousadia quando disse: “Não tenho ouro e nem prata, mas o que tenho eu lhe dou…”

 

Natã o profeta de Deus, teve ousadia diante de Davi…

 

João Batista é outro exemplo de profeta corajoso…

 

O próprio Jesus chamou Herodes de Raposa…

 

 

 

Ousadia não é ser mau educado, nem ser inconsequente, nem ser juiz na vida dos outros… Mas ser ousado.

 

 

 

Ousadia é pensar em coisas grandes

 

Neemias demonstrou isso ao resolver reconstruir a cidade… Por que muitas ficam pequenas? Porque falta ousadia no Senhor… Pedi e dar-se-vos-a… A fé remove montanha…

 

Dá-me a Escócia ou eu morro… John Knox

 

Você aplaude truques que alguns mágicos, mas foi chamado para remover montanhas pela fé…

 

 

 

Dê ordens para retirar madeira para construir as portas… O rei agora diz para Neemias: Sim senhor! ISSO É PENSAR GRANDE!

 

Escreva cartas, para que me dê passagens… Sim senhor! PENSAMENTO GRANDE… Ousadia…

 

 

 

  1. A minha missão eu não posso transferir para ninguém

 

 

 

Eu vou levar as cartas, eu vou construir os muros… Não vou jogar a responsabilidade para o outro…

 

Farei o que for possível para que tudo dê certo… Não sou o chefão para fazer apenas anotações e deixar os outros trabalhar… EU TENHO QUE ESTAR LÁ, A RESPONSABILIDADE É MINHA…

 

 

 

Não dá pra ficar justificando e olhando outros trabalharem, você precisa se envolver…

 

Se for preciso eu faço curso

 

Se for preciso eu participo das reuniões, eu aceito ajuda, foi entrar no programa de discipulado…

 

Ministério é para a vida toda… Não tem aposentadoria… A viúva do Ari Veloso deu testemunho na SEPAL e disse que ele morreu discipulando alguém por telefone…

 

 

 

Conclusão

 

Deus é fiel e cumpre tudo o que promete aos seus filhos… Moisés foi levado ao alto monte para ver a terra onde o povo iria habitar… É lá

 

Moisés morreu e o túmulo dele? Mas Moisés apareceu na transfiguração… Muito melhor. Não acabou e nem acabará.

IMG_4797